22 nov 2017

Capacitação e Assistência Técnica são caminho para aumentar rentabilidade do produtor

*Por Sistema CNA/SENAR

 

Campo Grande, MS (22/11/17) – A capacitação associada à inovação tecnológica e à Assistência Técnica é o caminho para melhorar os resultados da propriedade, tornando o negócio mais rentável e, consequentemente, mais sustentável também.

Essa é a conclusão dos participantes da Missão do Banco Mundial que visitou, esta semana em Mato Grosso do Sul, duas propriedades rurais atendidas pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) dentro do Projeto ABC Cerrado do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) na tecnologia de recuperação de pastagens degradadas.

O projeto é desenvolvido pelo SENAR em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Embrapa e com recursos do Banco Mundial.

“As experiências das propriedades que visitamos são muito interessantes e mostram que [veja mais...]

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedIn

22 nov 2017

Assistência Técnica e Gerencial do SENAR muda realidade de produtor em Mato Grosso do Sul

*Por Sistema CNA/SENAR 

 

Campo Grande, MS (21/11/17) – A Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) mudou os rumos da propriedade da família Vilela Assunção em Paranaíba, Mato Grosso do Sul. Há quatro anos, os produtores Manoel Vital e o neto José Renato Vilela Assunção decidiram investir na recuperação de pastagens degradadas e entraram para o programa Mais Inovação, do SENAR/MS.

A Fazenda da família foi um dos destinos da comitiva do Projeto ABC Cerrado na segunda (20). Representantes do SENAR Nacional, SENAR/MS, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Embrapa e Banco Mundial visitaram a propriedade para conhecer in loco os resultados da Assistência Técnica e Gerencial.

A família Vilela tem 1,5 mil animais para recria e terminação. Começaram a recuperar a pastagem, inicialmente, em uma área de [veja mais...]

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedIn

16 nov 2017

SENAR apresenta resultados da segunda fase do ABC Cerrado

 

 O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) recebeu o novo gerente do Projeto ABC Cerrado no Banco Mundial, Maurízio Guadagni, na terça (14) para mostrar os resultados obtidos com o projeto.

O coordenador do ABC Cerrado no SENAR, Mateus Tavares, apresentou as formas de atuação do SENAR no Brasil e fez um panorama das tecnologias de baixa emissão de carbono: Recuperação de Pastagens Degradadas, Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, Florestas Plantadas e Sistema Plantio Direto.

Coordenador do ABC Cerrado no SENAR, Mateus Tavares

“A maior procura é pela capacitação em Recuperação de Pastagens Degradadas com 83% da demanda, seguida da Integração Lavoura-Pecuária-Floresta com 11% do interesse dos produtores do bioma Cerrado”, explicou Tavares.

“Mais de 1.600 propriedades rurais de Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul [veja mais...]

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedIn

16 nov 2017

Ações do Projeto ABC Cerrado são destaque em premiação do Sisema

O município de Brasília de Minas ficou com o terceiro lugar do Prêmio de Boas Práticas “Salve o Rio São Francisco”, iniciativa do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema), por meio do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam). A ação premiada foi o Projeto Piloto de Terraceamento em Nível, desenvolvido na zona rural de Brasília de Minas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente com tecnologias do Projeto ABC Cerrado, do SENAR Minas. A categoria foi a “Melhor projeto ou prática de órgão público”.

O terraceamento e as outras práticas conservacionistas adotadas na Fazenda Buritizinho, onde o projeto foi realizado, foram trabalhadas nas capacitações do ABC Cerrado. De acordo com o técnico ABC Wender Guedes Borges (na foto abaixo, com um produtor), as entidades estão orgulhosas do prêmio. Ele acrescenta que o projeto trouxe um novo olhar para região sobre a forma de produção no campo [veja mais...]

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedIn

13 nov 2017

BRASIL MOSTRA TECNOLOGIA DE BAIXA EMISSÃO DE CARBONO NA COP 23

*Por Agronotícias

O avanço da adoção de sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) no país será ressaltado pela comitiva brasileira que participa da Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, a COP 23. O evento teve início na última segunda-feira (6) e irá até o dia 17 em Bonn, na Alemanha.

A ILPF é uma das tecnologias que fazem parte do Plano de Agricultura de Baixo Carbono (Plano ABC). De acordo com pesquisa encomendada pela Rede ILPF, o Brasil possuía em 2016 11,5 milhões de hectares com alguma configuração de integração de sistemas. O número, em crescimento, é dez vezes maior do que a área ocupada pela tecnologia em 2005.

O dado mostra ainda que o Brasil já cumpriu há três anos a meta estipulada pelo Plano ABC em 2009, que era de aumentar em 4 milhões de [veja mais...]

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedIn