14 mar 2017

Estudos e experimentos conduzidos na Embrapa avaliam efeitos do Sistema Plantio Direto na produção de hortaliças

Por Embrapa Hortaliças*

A tecnologia já dispõe de inúmeros relatos de resultados ligados ao seu uso no plantio de grãos, mas no quesito referente ao cultivo de hortaliças a literatura é escassa e os dados ainda pontuais e inconsistentes. Para suprir essa deficiência, estudos comparativos estão sendo desenvolvidos na Embrapa Hortaliças (Brasília-DF) com o objetivo de avaliar os impactos produzidos a partir da introdução do Sistema Plantio Direto de Hortaliças (SPDH) em experimentos conduzidos nos campos experimentais da Unidade.

De acordo com o pesquisados Carlos Pacheco, da área de Solos e Nutrição de Plantas e que atua na mitigação e adaptação dos sistemas produtivos de hortaliças às mudanças climáticas, o uso ainda esparso da tecnologia pode ser explicado pelo pouco conhecimento por parte da cadeia produtiva, uma realidade que já vem sinalizando algumas mudanças.

“A partir da [veja mais...]

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedIn

13 mar 2017

SENAR Goiás divulga calendário de capacitações do ABC Cerrado

*Por SENAR/GO

 

 

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (SENAR Goiás) divulgou nesta segunda-feira (13/03), o calendário de capacitações do Projeto ABC Cerrado. Os treinamentos, com carga horária de 56 horas, são divididos em quatro módulos, sendo o primeiro com oito horas e os demais com 16. Os interessados podem entrar em contato com os mobilizadores em suas regiões. As vagas são limitadas e a chamada é para o primeiro semestre de 2017.

Projeto ABC Cerrado

Ação conjunta do SENAR, do Ministério da Agricultura e da Embrapa, o Projeto ABC Cerrado difunde e incentiva a adoção de práticas sustentáveis para a redução das emissões de gases de efeito estufa e sensibiliza o produtor para que ele invista na sua propriedade, com o objetivo de impulsionar a produtividade e renda, mantendo o meio ambiente [veja mais...]

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedIn

13 mar 2017

Mapa inicia com IICA projeto de baixa emissão de carbono na pecuária

*Por Mapa

Projeto Pecuária de Baixa Emissão de Carbono terá abrangência nacional –  Foto: Silvio Ávila/Mapa

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) lança neste mês o projeto “Pecuária de Baixa Emissão de Carbono: geração de valor na produção intensiva de carne e leite”. O projeto faz parte do Plano de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (Plano ABC), que visa a organização e o planejamento para adoção de tecnologias de produção sustentável, respondendo aos compromissos internacionais assumidos pelo Brasil na redução de emissão de gases de efeito estufa (GEE) no setor agropecuário.

O objetivo é disseminar tecnologias que reduzam não só emissões, mas que também estimulem o aproveitamento de resíduos, a gestão de recursos naturais, gerando renda para milhares de produtores. Baseado no projeto “Suinocultura de Baixa Emissão de Carbono”, que no ano [veja mais...]

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedIn

07 mar 2017

Caixas de pizza podem baratear reflorestamento

Por Embrapa Agrobiologia*

Técnica simples e barata pode auxiliar na reabilitação de áreas degradadas com um custo até 50% menor em comparação aos métodos tradicionais. Trata-se do uso de papelão para controle do capim no coroamento (capina ao redor) de mudas em ações de reflorestamento. O produtor pode utilizar até mesmo caixas usadas de pizza. Desenvolvida por pesquisadores da Embrapa Agrobiologia, a técnica pode viabilizar financeiramente a adoção da recuperação de pastagens para pequenos produtores. O Brasil tem hoje cerca de 21 milhões de hectares de Áreas de Preservação Permanente e Reserva Legal que precisam ser restauradas, a maioria sob uso de pastagem.

Esse método já utilizado em lavouras é novidade em ações de reflorestamento com espécies nativas. Nos projetos de recomposição florestal, a maior parte dos custos está associada ao controle de plantas daninhas [veja mais...]

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedIn

22 fev 2017

Confinar 2017: Integrando lavoura e pecuária, propriedade rural de MS aumenta faturamento em 700%

Há quase 10 anos a família Brito resolveu tomar uma decisão que modificaria a trajetória da Fazenda Laudejá, em Bonito (MS): investir no sistema de integração. A escolha dos produtores surtiu efeito positivo e, hoje, a família é exemplo a ser seguido em relação ao tema que será abordado no Confinar 2017 – um dos principais eventos da agropecuária nacional que será realizado nos dias 23 e 24 de maio, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande.

Retorno a galope – A decisão de investimento foi o ponto fundamental para o desempenho da Laudejá observar um gráfico ascendente. “Nosso faturamento subiu 700%, isso      graças ao incremento da agricultura e curiosamente a pecuária acompanhou. “Perdemos” 25% da área para soja e milho, mas aumentamos o rebanho. Todo o retorno foi 100% reinvestido, [veja mais...]

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedIn