SENAR-MT e UFMT unidos para levar conhecimento ao homem do Campo

23/04/2015

Nesta quarta-feira (22), representantes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT) se reuniram para alinhar as ações de uma grande parceria fechada no início deste ano. A princípio são dois projetos: o do Centro Vocacional Tecnológico e o da Clínica do Leite.

De acordo com o reitor em exercício da UFMT, João Carlos de Souza  esta é a primeira vez que a UFMT e o SENAR-MT se unem para trabalhar em grandes projetos. "Já fizemos alguns treinamentos, cursos  e ações, mas assim em um trabalho prolongado é a primeira vez".

O presidente do Sistema FAMATO/SENAR, Rui Prado, acrescenta que esta parceria é muito importante e vista com "bons olhos". "A união do público com o privado com o objetivo de levar conhecimento ao homem do campo é uma das propostas que tanto se falou durante o Cresce-MT, evento sobre educação realizado na semana passada. Este tipo de parceria é uma forma de contribuir para levar conhecimento".

Segundo o superintendente do SENAR-MT, Tiago Mattosinho, o Centro Vocacional Tecnológico, qualificará e capacitará instrutores credenciados junto ao SENAR-MT e também participantes dos projetos e programa especiais ofertados pela instituição de ensino rural em parceria com os sindicatos rurais. O principal objetivo do Centro é capacitar e qualificar recursos humanos para atender as necessidades do setor do agronegócio.

Outra parceria importante é o projeto da Clínica do Leite que deve  ser estruturado ainda no mês de maio. O objetivo é monitorar a qualidade do leite em Mato Grosso e fornecer serviço de analise para atender as exigências de qualidade da Instrução Normativa (IN) 62. "A reunião foi muito produtiva. Já formamos equipes  para atender  estes dois projetos. Precisamos colocar o conhecimento na rua", diz o reitor Souza.

Segundo o reitor, a união entre SENAR-MT e UFMT é muito promissora. "Nós da UFMT produzimos conhecimento, mas não temos como chegar ao homem do campo. Já o SENAR-MT tem a experiência de levar a qualificação e capacitação a todos os recantos deste imenso estado".

Ele diz ainda que essa parceria pode se estender por outras cadeias produtivas como a suinocultura, ovinocultura, bovinocultura de corte e de leite e ainda outras áreas como criação de frango caipira e mecanização agrícola e outras.

Assessoria de Comunicação do SENAR-MT
www.sistemafamato.org.br