SENAR em Campo traz atrações culturais e histórias de sucesso

07/07/2014
Julieta de Oliveira foi ao evento acompanhando a filha e as netas. Fotos:Larissa Melo Julieta de Oliveira foi ao evento acompanhando a filha e as netas. Fotos:Larissa Melo

Ao contrário do que vem acontecendo nas edições anteriores do programa SENAR em Campo, a população que compareceu ao evento, em Cristalina, na última sexta-feira (4) participou primeiro de uma sessão de cinema ao ar livre e só depois torceu pela seleção brasileira assistindo ao jogo em um telão montado em frente à Câmara Municipal da cidade. Além disso, quem passou pelo local pode conhecer histórias de pessoas que se capacitaram e hoje comemoram a ajuda na renda em casa e a realização pessoal.

Iniciado por volta das 15h30, o longa “A Era do Gelo” fez a alegria da criançada que, juntamente com os pais, coloriu o local de verde e amarelo. Logo em seguida os apaixonados por futebol puderam acompanhar um pedaço do jogo durante o qual a França encarou a Alemanha. Por fim, a partir das 17 horas, o time do Brasil enfrentou a seleção da Colômbia em meio a gritos, foguetes, aplausos e ao barulho característico das vuvuzelas.

Também foi montado no local um stand no qual eram ministradas duas oficinas demonstrativas e os visitantes puderam aprender a fabricar flores de palha de milho e de cetim, peças de tecidos com trançado em fita, bonecas de cabaças e de fuxico e joias de materiais alternativos.

A aposentada Julieta de Oliveira, 71 anos, fez questão de passar pelo stand e ver de perto todas as técnicas utilizadas pelas instrutoras Mônica de Castro e Marilene de Souza. Julieta, que foi até o evento acompanhando a filha e as netas, conta que já trabalha com tecidos há muito tempo – ela borda no feltro – mas que está sempre a procura de novos conhecimentos.

Com a mão na massa

Enquanto a bola rolava, a população do município pode conhecer duas histórias de sucesso. Marlene da Silva Sardinha e Elurdina Camilo fizeram cursos de capacitação no SENAR Goiás e contaram suas experiências no SENAR em Campo de Cristalina. Em exposição estavam doces artesanais, pães caseiros, bolos e roscas de soja, queijos e mel. Segundo a mobilizadora do Sindicato Rural (SR) de Cristalina, Cláudia Campos, a procura pelos cursos é grande e os integrantes, interessados.

Marlene fez curso de Cozinha Rural, Panificação Rural, Produção de Doces e Alimentação Complementar, no qual aprendeu a fabricar delícias vindas da soja como pães, bolos e roscas.

Ela conta que a renda ajuda o marido a sustentar a casa e que o trabalho veio como uma terapia depois que ela se aposentou. “Fico dois dias preparando cada fornada de produtos. Primeiro limpo e preparo a soja para fazer a massa. Só no segundo dia é que faço os quitutes”.

Já a professora aposentada Elurdina Camilo complementa sua renda fazendo doces caseiros. Ela já cozinhava antes, mas se apaixonou pelos doces depois que passou pelo SENAR Goiás. “A linguagem da instrutora é clara e a gente aprende muita coisa durante o curso. Eu indico, pois mudou a minha vida”, conta enquanto mostra doces cristalizados e em potes decorados.

Após o jogo, a dupla Douglas e Davi animou os presentes. A programação seguiu pelo final de semana com apresentações culturais, concurso de embaixadinhas e sorteio de uma bicicleta. A próxima edição do SENAR em Campo acontece entre os dias 8 e 12 de julho na cidade de Alexânia.

Assessoria de Comunicação do SENAR-GO
www.sistemafaeg.com.br