Produtores de Ji-Paraná concluem curso de Beneficiamento de Pescado

26/02/2016

Ao poucos o mercado de peixe vem se desenvolvendo na Região Norte do País. A atividade tem se tornado uma excelente fonte de renda, especialmente para produtores da agricultura familiar.

Rondônia tem se destacado como um dos maiores produtores de peixe em águas doce do País, com uma produção estimada em 65 toneladas de pescado por ano, segundo dados da secretaria de Desenvolvimento Ambiental (Sedam).

Em Ji-Paraná, a prefeitura, por meio da Secretaria de Agricultura, firmou parceria com Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e está oferecendo capacitação para os produtores de peixe do município. O objetivo maior é que o peixe vendido por esses produtores ganhe qualidade e tenha mais valor agregado na comercialização.

Nesta semana, por exemplo, foi concluído mais um curso de beneficiamento de pescado com produtores rurais e membros da Colônia de Pescadores de Ji-Paraná. Foram 200 horas de aulas práticas e teóricas que envolveram atividades de empreendedorismo, legislação ambiental, higienização no manuseio, tipos de corte, formas de embalagem, processamento para fabricação da linguiça, kibe e hambúrguer de peixe.

MERCADO

Segundo a secretária municipal de Agricultura de Ji-Paraná, Cláudia de Jesus, há um mercado muito grande a ser explorado em Rondônia. “Existe hoje um crescente número de produtores familiares produzindo peixes e colocando essa produção no mercado e, em contrapartida, existe também uma maior procura maior da população em consumir a carne branca, por ser mais barata e também saudável. Daí a importância de capacitar e qualificar esses produtores”, explicou Cláudia.

Assessoria de Comunicação SENAR/RO
http://www.senar-ro.org.br/