Núcleo Avançado de Capacitação é o ponto de encontro para quem vai fazer curso na Expojuina

02/08/2017

A  700 quilômetros de Cuiabá, Juína estará em festa entre os dias quatro e 12 de agosto. É neste período que acontece a Exposição Agropecuária do municícípio, a ExpoJuina. O presidente do Sindicato de Produtores Rurais, José Lino Geraldo Martins, popularmente conhecido como Cabeção, conta que a programação está bem diversificada e recheada de novidades. "Teremos atrações para todos. Rodeios, leilões, shows nacionais, cursos, treinamentos e muitas outras atividades".

Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR/MT), o Sindicato de Produtores Rurais de Juína ofertará diversas oficinas e vitrines. Todos os treinamentos serão realizados no Núcleo Avançado de Capacitação (Nac), inaugurado em 2016. "É um ambiente adequado para os treinamentos, oficinas e vitrines".

Jorge e Mateus, Mato Grosso e Matias, Lourenço e Lourival e vários outros artistas estão na programação dos grandes shows que acontecerão durante a feira agropecuária de Juína. Além dos shows, a estrutura garante o conforto do público. "Temos 76 camarotes para as famílias e um maior que cabem cerca de 1.500 pessoas. Este espaço se transforma numa boate. Em Mato Grosso é a única boate fixa, construída no parque de exposição. Fizemos a obra no ano passado e ficou muito boa".

Tem novidades em todos os setores. Na sexta-feira (04/08), a cavalgada com mais de 1.200 cavaleiros percorrerá nove quilômetros das principais ruas e avenidas da cidade. O presidente conta que no ano passado foram mais de 25 mil pessoas assistindo à cavalgada. "É muito lindo e emocionante", garante.

Na segunda-feira (07/08), a entrada no parque de exposição será gratuita. Já na quarta-feira (09/08), o ingresso será dois quilos de alimento não perecível. "Teremos missa, que no ano passado, na inauguração da igreja, que é uma obra de arte teve a presença de quatro mil pessoas", conta o presidente. Os alimentos arrecadados serão distribuídos pela igreja católica para as famílias carentes cadastradas junto a igreja.

A expectativa é que a Exposição Agropecuária de Juína movimente cerca R$ 10 milhões. Cabeção destaca que os hotéis estão lotados. "Empregamos pelo menos 300 pessoas no parque de exposição nos 10 dias de feira. Isso é dinheiro injetado na economia do município. As pessoas que vêm de outros municípios gastam nas lojas, restaurantes e supermercados. É um grande evento".

Agricultura familiar

Juína tem uma feira composta por 100 box, todos ocupados por agricultores familiares que produzem e vendem seu produto para a população da região. De acordo com o presidente do Sindicato de Produtores Rurais de Juína, nos últimos 10 anos o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural contribuiu muito para a capacitação e qualificação destes pequenos produtores.  "Percebemos isso nesta feira. São vendidos todos os tipos de produtos incluindo queijos, frutas, legumes e todos os tipos de verduras e até embutidos. Vale a pena visitar", convida o presidente do Sindicato de Produtores Rurais.

Assessoria de Comunicação do SENAR/MT
www.sistemafamato.org.br