Mutirão Rural atende moradores de Mato Grosso

13/06/2017

Na próxima semana o Mutirão Rural, programa realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT) e diversos outros parceiros acontece no assentamento Santiago do Norte, em Paranatinga. Em 2017 já foram feitos 10 eventos. Para o segundo semestre estão previstos cerca de 40.

Em junho, o Mutirão Rural foi realizado em Rondonópolis, Araguainha e em Pedra Preta, município que contou com a parceria da prefeitura. O evento aconteceu no assentamento Formosa, mas beneficiou também os moradores dos assentamentos Furnas e Monte Azul.

De acordo com o superintendente do SENAR-MT, Otávio Celidonio, o Mutirão Rural foi criado em 1996, e é um dos programas mais antigos da instituição. "O objetivo é promover ações em parceria com diversas entidades públicas e privadas para levar cidadania às pessoas que vivem nas comunidades rurais. Em 2016 foram realizados 52 eventos, contabilizando o atendimento de cerca de 15 mil pessoas".

Em Pedra Preta, nos serviços de saúde, o Mutirão Rural ofereceu a população atendimento médico e odontológico e triagem de enfermagem. Também foram realizados exames de prevenção aos cânceres de próstata e colo do útero e testes de glicemia, triglicerídeos e colesterol.

O dia de evento no assentamento Formosa também teve corte de cabelo, pintura facial, gincana esportiva, plastificarão de documentos, fotografia 3X4, emissão de CPF, RG e 2º via de certidões. O Mutirão Rural é uma iniciativa que proporciona o exercício da cidadania à população da zona rural de Mato Grosso, que enfrenta dificuldade de acesso a serviços públicos básicos.

O supervisor do SENAR-MT, regional Rondonópolis, Alexandre Ernandes Garcia explicou que o Mutirão é uma ação conjunta. "Nós, juntamente com uma grande equipe da Prefeitura e demais parceiros conseguimos realizar esta ação e, mais uma vez, o Mutirão levou alegria e satisfação para todos que foram atendidos", frisou o supervisor.

Em Pedra Preta, o Mutirão Rural também contou com o apoio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Secretaria Municipal de Saúde, Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Ministério Público, Poder Legislativo e Secretaria  Municipal de Assistência Social, que ofertou os serviços de Bolsa Família, orientação para assistentes sociais e orientadores sociais para cuidar do serviço de convivência e fortalecimento de vínculo com crianças e condicionalidade.

De acordo com a gerente sindical do Sindicato Rural de Pedra Preta, Celismeire Vieira Klasene a vinda do Mutirão para os assentamentos é resultado de uma mobilização entre gestores municipais, Sindicato e SENAR-MT. "Por meio de parcerias conseguimos trazer o Mutirão para os assentamentos, ação rica em benefícios", ressaltou Celismeire.

O prefeito municipal de Pedra Preta, Juvenal Pereira Brito (Ná) considerou a iniciativa um ato de grande conquista para população da zona rural. "Uma grande ação para nossos assentados, trazendo inúmeros benefícios. No Mutirão Rural, o cidadão tem a oportunidade de usufruir de muitos serviços de forma rápida e prática", disse o perfeito.

Para a agricultora Efigênia Gomes, de 62 anos, moradora do assentamento Furnas há 15 anos, este evento é uma iniciativa muito boa que agrega atendimento necessário à população e muita praticidade. "Gostei muito dos serviços, um bom trabalho e o melhor de tudo é que foi realizado aqui na zona rural. Para nós aqui dos assentamentos é uma grande conquista ter esses serviços todos em só dia", destacou Efigenia.


Assessoria de Comunicação do SENAR/MT e Pauta Pronta
http://www.sistemafamato.org.br