Feira Nacional de Artesanato: oficinas do SENAR lotam e atraem até ex-participantes

08/12/2017

Participando com dois estandes este ano, o SENAR Minas está junto a cerca de 5.000 artesãos de todos os estados brasileiros e até do exterior na 28ª Feira Nacional de Artesanato, que vai até domingo (10) no Expominas, em Belo Horizonte. Em um dos estandes, 14 ex-alunos de cursos de Alimentação e de Artesanato comercializam seus trabalhos; no outro, quatro salas oferecem quatro oficinas de Artesanato diferentes que são oferecidas em diversos horários ao longo do dia.

Desde crianças até idosos, dezenas de pessoas já tinham passado pelas aulas de Bordado, Peças utilitárias com Garrafas PET, Peças Decorativas com Sementes e Peças Decorativas com Material Reutilizado até a noite desta quarta-feira (6). De acordo com Mayara Oliveira, assistente de eventos do Senar Minas, o público das oficinas tem perfil muito variado, sendo que muitas pessoas que já haviam feito as aulas ano passado voltaram para fazer de novo.

“Todas as oficinas estão lotando. A de Bordado [foto acima] é a mais procurada”, acrescenta Mayara. Na quarta e quinta-feira, são realizadas quatro edições diárias de cada oficina; de sexta-feira a domingo, serão cinco. As inscrições são gratuitas, mas as vagas são limitadas a seis pessoas por vez.

Feira é vitrine para produtores

Todos os 14 ex-alunos participantes do estande do SENAR já estiveram em pelo menos uma feira, mas alguns estavam pela primeira vez na Feira Nacional de Artesanato, considerada o maior evento do tipo na América Latina.

Doralice Santos e Márcia dos Santos (respectivamente, na foto abaixo), da Associação de Desenvolvimento Cultural e Turístico de Ibituruna (Adecuti), representavam um grupo de 14 mulheres associadas, que fabricam e vendem doces no município e em feiras. “Para nós, é um crescimento enorme participar das feiras. A partir da primeira vez, numa Feirinha Aproxima, foi que percebemos que nosso produto tinha potencial e investimos”, conta Márcia. A associação foi fundada em 2015, e hoje, além do grupo que produz doces, está organizando grupos para produzir queijos e quitandas. “Tudo começou com os cursos do SENAR. Para mim, é a escola perfeita”, elogia Márcia.

A Fazenda Preservar, do casal Eri e Maria de Fátima Aranda, de Rio Piracicaba, também estava na Feira pela primeira vez, apesar de já ter exposto seus produtos de fibras vegetais em outros eventos. A fazenda trabalha com produtos agroecológicos e sustentáveis – o manejo fica por conta do filho do casal, que é biólogo. “Depois das feiras, sempre temos contatos novos. As pessoas chegam, param, olham e ficam encantadas com as peças, com a questão da sustentabilidade”, conta Maria de Fátima. No estande do casal, chamava a atenção um presépio em miniatura feito em um terrário com cactos e suculentas, com um acabamento de fibras.

Veterana nestes eventos, a artesã Maria Aparecida Rodrigues, da Cida Artes, levou peças de Patchwork que ela aprendeu a fazer nos cursos do Senar. Ela conta que reparou uma pequena queda no público da feira, o que ela atribui ao momento econômico do país – mas conservava as expectativas para o final de semana. Cida destaca que está sempre buscando aprender novidades – não só para seu negócio, mas também para ensinar, já que ela dá aulas de Artesanato nos arredores de Florestal, onde mora.

A Feira

Um dos eventos mais esperados para o final de ano em Belo Horizonte, a 28ª Feira Nacional de Artesanato traz como tema “Reciclar, Reutilizar e Reduzir”, propondo a produção artesanal sustentável como forma de desestimular o consumo exagerado e impulsionar, de forma criativa, o processo de transformação social, econômico e ambiental.

Nos últimos cinco anos, o evento contabiliza uma média anual de 1.200 stands, 5.000 artesãos e 130.000 a 170.000 visitantes. Os horários de funcionamento são os seguintes:

07/12 (quinta-feira): de 14:00 às 22:00
08/12 (sexta-feira): de 10:00 às 22:00
09/12 (sábado): de 10:00 às 22:00
10/12 (domingo): de 10:00 às 21:00

A feira termina dia 10, domingo. Os ingressos são gratuitos, mas sua retirada deve serfeita pelo site:http://https://www.sympla.com.br/28-feira-nacional-de-artesanato__186479. Para outras informações, visite o site oficial do evento: www.feiranacionaldeartesanato.com.br.

Assessoria de Comunicação SENAR/MG