Encontro de líderes e empreendedores rurais destaca o papel do agro na recuperação da economia nacional

05/12/2017

Mais de 5 mil produtores rurais, líderes rurais, presidentes de sindicatos e autoridades participaram do Encontro Estadual de Empreendedores e Líderes Rurais realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Paraná (SENAR/PR) e Sebrae/PR em Curitiba na sexta-feira (1º).

Com o tema “Produzir e preservar - o campo mostra a sua força”, o evento marcou o encerramento do Programa Empreendedor Rural (PER) e da Olimpíada Rural, nas modalidades matemática e português, mostrando o papel do agronegócio na recuperação da economia nacional.

Os participantes do PER são estimulados a apresentar projetos elaborados a partir dos conhecimentos adquiridos durante a capacitação, dividida em 17 módulos e 160 horas de duração. Neste ano, 102 trabalhos foram analisados pela banca avaliadora.

Desde a criação, em 2003, o PER formou aproximadamente 29 mil pessoas. Neste ano, foram 1,1 mil participantes, divididos em 59 turmas, espalhadas por todas as regiões do estado.

O Diretor-Geral do SENAR, Daniel Carrara, ressaltou que o programa desenvolvido pelo SENAR do Paraná é modelo para o Brasil quando se trata de sucessão familiar.

“O Paraná é essa potência porque tem um exército de pessoas formadas para atuar na gestão das propriedades rurais com enfoque em empreendedorismo e liderança. Isso fez com que a iniciativa fosse replicada em outros 17 estados”, destacou Carrara.

O presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette, destacou o trabalho dos produtores rurais, mesmo em um ambiente tão adverso, com aumento dos juros do crédito rural, redução do volume de financiamento, falta de garantia dos recursos orçamentários para o seguro rural e obras de infraestrutura.

“O agronegócio tem dado sustentação para que a situação econômica e social do Brasil não fosse ainda pior. Os agricultores e pecuaristas são os responsáveis por essa façanha de impedir que o Brasil chegasse além do fundo do poço, gerando produção que tem proporcionado ao país saldos positivos em sua balança comercial todos esses anos”, observou Meneguette.

O vice-presidente do conselho do Sebrae, Darci Piana, apontou a importância do campo nas finanças nacionais. “A agricultura é um dos alicerces para o desenvolvimento do Paraná e do Brasil. Nos últimos 15 anos, o produtor rural deixou de ser colono para se transformar em empreendedor, empresários agrícolas.”

O presidente da Fetaep, Ademir Mueller, aproveitou sua fala para pedir que os cenários político, econômico e social conturbados não tenham reflexos nas estratégicas de investimento e planejamento, tão importante para o agronegócio nacional. “Diante da crise, precisamos, cada vez mais, que os produtores busquem qualificação e planejamento para melhorar sua atuação no campo, gerando riquezas para a agricultura, para o país e para o mundo.”

O governador Beto Richa deu o mesmo tom, ressaltando a contribuição do campo, muitas vezes desconhecida pela população urbana. “Historicamente, o agronegócio está sendo penalizado. Mas é importante estimular o setor, pois é a agropecuária que forma a economia estadual, salva a balança comercial e contribui para amenizar os efeitos nocivos da crise.”

Após os discursos das autoridades, o Encontro Estadual de Empreendedores e Líderes Rurais seguiu com um debate sobre os cenários econômico e político brasileiro com comentarista da Rádio BandNews FM Ricardo Boechat, o editor-chefe da Band em Brasília, Rodrigo Orengo, e o âncora do Band Cidade em Curitiba, José Wille. O trio abordou diversos temas da política nacional, inclusive as eleições para presidente no próximo ano e o andamento das investigações da Operação Lava Jato.


Assessoria de Comunicação Sistema CNA/SENAR
(61) 2109-1419
www.senar.org.br
www.facebook.com/SENARBrasil
www.cnabrasil.org.br
www.facebook.com/CNABrasil
www.twitter.com/CNABrasil
www.linkedin.com/SENARBrasil
instagram.com/SistemaCNA