Centro de Excelência em Fruticultura do Senar abre portas para o mercado de trabalho na região

14/05/2018

Juazeiro (BA), 14/05/18 – Acesso à educação profissional e tecnológica é uma realidade para quem vive no Vale do São Francisco, maior polo de produção de frutas do País. Isso graças ao Centro de Excelência em Fruticultura do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) localizado em Juazeiro, na Bahia. 

Inaugurado há sete meses, o espaço recebe diariamente, nos três turnos, 240 estudantes para as aulas dos cursos de Técnico em Fruticultura, Técnico em Agronegócio e Jovem Aprendiz.  É o caso de Felipe de Lima Brito, do curso de Técnico em Fruticultura. Para ele, o Centro de Excelência do Senar abre portas, tanto para quem busca o primeiro emprego quanto para quem quer desenvolver a própria produção.

“A fruticultura me conquistou, foi amor à primeira vista, faz parte da minha vida porque minha família tem projeto na área e cultiva banana e manga. Darei continuidade a esse trabalho, porque vou passar para eles o que aprendi no centro de fruticultura do Senar, que é a minha segunda casa.”

Lucas Caique de Oliveira Silva foi selecionado por uma empresa da região para uma vaga de jovem aprendiz e hoje, ele e mais 29 amigos, fazem o curso voltado para produção de cana-de-açúcar e etanol. O jovem conta que está aprendendo sobre cultivo da cana, interação pessoal, integração no trabalho e que esse aprendizado lhe dará experiência e maturidade para a vida. 

“Tanto a empresa que estamos como outras de outros ramos podem nos dar oportunidades pelo que fizemos durante o curso. Por isso tem que ter força de vontade e acreditar no seu potencial. Estou com expectativa de ser contratado como efetivo e vou batalhar para que isso aconteça.”

Até quem está no Centro de Excelência para ensinar, planeja investir nos cursos ofertados pelo Senar, como é o caso da professora de Matemática Larissa Bezerra. 

“Temos alunos que estão migrando de outras profissões e investindo nesse ramo, inclusive professores como eu que querem agregar conhecimento à profissão e dar outras ramificações para ter mais possibilidades dentro do mercado de trabalho da nossa região.”

De acordo com a superintendente do Senar Bahia, Carine Magalhães, o centro está bem localizado porque o Vale do São Francisco é uma área promissora para abertura de novos postos de trabalho devido ao potencial produtivo da região.

“Para você ter uma ideia da necessidade de capacitação de profissionais nessa região, a cada hectare plantado temos 2 a 5 postos de trabalho. Então o Senar vem cumprir sua missão na capacitação de profissionais que possam ajudar a alavancar ainda mais a fruticultura brasileira.”

Itinerário Formativo – Um comitê técnico se reuniu durante cinco dias, no Centro de Excelência, para elaborar o itinerário formativo dos cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) da fruticultura. Esse comitê é formado por Senar Bahia, Pernambuco, Senar Nacional, representantes das agroindústrias, dos sindicatos de produtores rurais, instrutores e professores do Centro.

Com o itinerário o jovem vai poder visualizar a formação dele como um caminho a ser percorrido, onde existem saídas intermediárias para o mercado de trabalho, ou seja, permite uma formação tanto a curto quanto a longo prazo. Em uma capacitação de 700 horas, por exemplo, ele pode fazer 300h e ser absorvido porque o mercado de trabalho aceita essa capacitação”, destacou Andrea Barbosa, diretora de Educação Profissional e Promoção Social do Senar. 

Andrea ressaltou que o itinerário formativo está sendo construído com conteúdo correspondente ao curso Técnico em Fruticultura, para que ao fazer o técnico, o jovem possa aproveitar o conhecimento adquirido na formação inicial. 

Para o gerente corporativo do Grupo JD, Luciano Arcanjo, que participa do comitê, o Senar é um grande parceiro das empresas na capacitação dos profissionais que entram para o mercado de trabalho. O grupo que o empresário representa já recebeu mais de 400 jovens aprendizes e contratou, em média, 40% desse total.

“O Senar está sempre muito próximo das empresas e aqui na região temos muita interação não só nos cursos, mas no entendimento e na construção das necessidades da empresa que são levadas para sala de aula pelos instrutores do Senar.”

O Centro de Excelência em Fruticultura do Senar tem 2.500 metros quadrados divididos em oito blocos com salas de aula, laboratórios de informática, botânica, fisiologia vegetal, fitossanidade e topografia, além de outros ambientes como a unidade demonstrativa onde os alunos podem aprender na prática técnicas como análise de solo e cálculo do volume d'água para irrigação em mudas das principais espécies frutíferas produzidas na região.

Assessoria de Comunicação CNA/SENAR
Telefone: (61) 2109 1419
Fotos: Tony Oliveira
cnabrasil.org.br 
senar.org.br
twitter.com/SENARBrasil
facebook.com/SENARBrasil
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA