ABC Cerrado encerra turmas em Uberaba e Sacramento

13/09/2016
Turma de Sacramento. Turma de Sacramento.

O projeto ABC Cerrado, que pretende diminuir a emissão de gases causadores do efeito estufa por meio da agropecuária sustentável, chegou ao final de sua terceira fase nos dois municípios da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.

Depois dos participantes de Sacramento e Uberaba passarem por Seminário, Mobilização e Capacitação, a próxima etapa é a visita do técnico do SENAR Minas, que desenvolve o projeto – de autoria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e SENAR Brasil - em Minas Gerais.

“Os produtores que concluíram a capacitação vão receber assistência técnica gratuita por 18 meses. Neste acompanhamento, o técnico que vai ajudar cada participante a colocar em prática as tecnologias ensinadas durante o curso vai avaliar e fazer um planejamento para que as propriedades se adequem ao Projeto ABC Cerrado”, comentou o assistente de mobilização Sebastião de Paula Rezende Júnior.

Ainda segundo Sebastião, o balanço é considerado positivo, pois houve um feedback dos participantes que estão se sentindo mais motivados e pensam numa agricultura mais sustentável que traga lucro e que emita menos carbono.

Turma de Uberaba.

“Através de uma agricultura mais sustentável, o produtor consegue ter maior lucro, fazer um trabalho com a terra considerado social, com a capacitação e preocupação com o trabalhador rural, e também tem um retorno ambiental ao utilizar tecnologias mais sustentáveis em que é possível usar menos e extrair mais da área de cultivo”, acrescenta.

Com 76 anos, o produtor de Sacramento Rodolpho Soares de Rezende acredita que nunca é tarde para aprender e mudar. “Eu precisava ter feito esse curso quando eu comecei a mexer com fazenda, porque participar do ABC Cerrado foi maravilhoso. Eu tinha dúvidas em vários assuntos, e com a assessoria do técnico do Senar vou conseguir recuperar as minhas pastagens aos poucos. Será uma segurança para fazer tudo direitinho”, comentou.

De acordo com o produtor José Moacir de Almeida, além do aprendizado, a troca de experiências tem sido fundamental para o sucesso do Projeto ABC Cerrado em Uberaba. “Nós tivemos uma ótima integração entre os produtores. A forma que o curso foi ministrado foi muito interessante, porque tivemos teoria e prática. Esse projeto tem que chegar a mais produtores, porque é desta forma que a nossa atividade será mais sustentável”, destacou.

Assessoria de Comunicação do SENAR Minas
www.senarminas.org.br