03 out 2018

V Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia (V ENPI)

DATA: 09 de Outubro de 2018
LOCAL: Auditório da CNA em Brasília, DF

“Biotecnologia para aumento de produção e enfrentamento das mudanças climáticas” é o tema da 3ª Mesa Redonda do V Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia (V ENPI), que acontece de 09 a 10 de outubro, no auditório da CNA em Brasília. Para debater essa temática serão ministradas por especialistas da área em três diferentes palestras.

A primeira palestra será feita pelo Pesquisador da Embrapa Soja, Alexandre Lima Nepomuceno, e tratará das “Novas ferramentas da moderna biotecnologia”. O pesquisador é graduado em Agronomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, mestre em Fitotcnia também pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, doutor em Molecular Biology and Plant Physiology pela University of Arkansas e pós-doutor pelo Japan International Research Center for Agricultural Sciences – JIRCAS, em Tsukuba, no Japão. Tem experiência nas áreas de Fisiologia Vegetal, Biologia Molecular, Engenharia Genética e Edição de Genomas (sistemas CRISPR), Tolerância à Seca, obtenção e caracterização de plantas geneticamente modificadas e biossegurança de OGMs.

A segunda palestra, “Cana Energia: uma rival eficiente para o Petróleo”, será ministrada pelo professor titular do Instituto de Biologia da Unicamp, Gonçalo Amarante Pereira. O professor é graduado em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), mestre em Genética pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq)/USP, doutor em Genética Molecular pela Universidade de Düsseldorf, na Alemanha e pós-doutor pela USP. Sua área expertise abrange regulação gênica, biologia sintética e de sistemas e biotecnologia, atuando em projetos de bioenergia, fitopatologia e culturas agrícolas tropicais.

Por fim, a palestra “Estudo de Caso Pangeia Biotech”, ministrada pelo sócio-proprietário da startup Pangeia Biotech, é graduado em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A startup PangeiaBiotech é parceira da Unidade no projeto “Produção de variedades comerciais de cana-de-açúcar transgênica para aumento da biomassa e da produção de etanol 1G e 2G a partir da transferência de genes que conferem resistência ao herbicida glifosato e a insetos-praga”. Também fazem parte dessa parceria a Embrapii e o Sebrae.

O pesquisador da Embrapa Agroenergia e coordenador da mesa redonda, Hugo Molina salienta que o  uso das novas ferramentas biotecnológicas no desenvolvimento de novos produtos e soluções para o Agronegócio serão chave para manter a competitividade brasileira, mantendo a geração de empregos e a base de nossa balança comercial.

Neste contexto, reforça Molinari “discutir e informar aos steakholders do agronegócio a importância do Brasil participar desta nova revolução que a genética vive no mundo é o que se espera destas apresentações”.

Veja a programação completa e faça sua inscrição no site www.embrapa.br/enpi2018. O Evento realizado pela Embrapa Agroenergia  tem apoio da CNA, Ceres, Denpasa, Ubrabio e o patrocínio da Gol Linhas Aéreas/Curcas, do Sinpaf e da FS Bioenergia.

Serviço:

Dias: 9 e 10 de outubro

Local: Sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)

Endereço: Setor de Grandes Áreas Norte 601 Modulo K – Asa Norte, Brasília

Horário: Terça-feira (8h15 – 17h30)

Quarta-feira (8h30 – 16h50)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *