Agricultura de precisão

SENAR
posts da categoria “Seminários de Agricultura de Precisão"
22 ABR
2013

AP na Rádio Nacional

A coordenadora de Projetos e Programas Nacionais do SENAR, Patrícia Machado, deu entrevista nesta segunda-feira (22) ao programa Brasil Rural, da Rádio Nacional de Brasília AM, sobre a nacionalização do Programa de Agricultura de Precisão da entidade.

Patrícia explicou como funcionará o programa de AP, principalmente sobre as capacitações para produtores rurais e operadores de máquinas agrícolas. A ideia do SENAR é iniciar as capacitações ainda neste primeiro semestre.

“Estamos estruturando um programa para atender a crescente demanda por mão de obra em várias regiões do País. Nossa intenção é mostrar para os produtores que ao tratar sua propriedade como uma empresa e utilizar a agricultura de precisão como ferramenta de gestão, ele irá reduzir custos e aumentar a produtividade.”

O Brasil Rural com a entrevista da coordenadora do SENAR vai ao ar nesta quarta-feira, 24, a partir das 6h da manhã. Acompanhe!!

Por Equipe de Comunicação Digital • Postado em Seminários de Agricultura de Precisão • Tagged
22 ABR
2013

Abertas as inscrições para workshop em Cafeicultura de Precisão

No intuito de ampliar o debate sobre Agricultura de Precisão (AP), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) promove um Workshop relacionado à cafeicultura nos dias 6 e 7 de junho, no centro de Excelência do Café na cidade de Patrocínio, em Minas Gerais. As inscrições estão abertas, principalmente para pesquisadores, consultores, professores e técnicos. As vagas são limitadas.

O mapeamento de áreas de manejo da cultura, a inovação de tecnologia precisa na colheita e pós-colheita e a variabilidade espacial da qualidade do café são alguns dos temas que serão tratados durante o evento.

O workshop será realizado com o apoio da Cooperativa Expocaccer e da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail contato@expocaccer.com.br.

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)

Por Equipe de Comunicação Digital • Postado em Seminários de Agricultura de Precisão • Tagged
18 ABR
2013

Capacitações em AP podem ajudar a amenizar falta de assistência técnica

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR participou nesta quarta-feira, 17, da III Reunião da Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (CBAP), realizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O chefe da Divisão Técnica do SENAR Rio Grande do Sul e representante do SENAR na CBAP, João Augusto Telles, falou sobre a criação do Programa de Agricultura de Precisão da entidade e sobre a capacitação para produtores rurais. Telles aproveitou a reunião com a presença de representantes do setor industrial e de serviços para falar sobre a nacionalização do programa.

“Acreditamos que o grande gargalo do setor é a assistência técnica, porque o produtor compra uma máquina, mas não sabe usar. A assistência técnica hoje está defasada e por isso estamos desenvolvendo esse programa, para atender o produtor rural. Mas antes, vamos capacitar nossos instrutores e, por isso, estamos abertos a novas parcerias para que eles tenham acesso ao que há de mais novo no mercado”, destacou. Na próxima reunião da CBAP, Telles vai fazer uma apresentação sobre as etapas do programa de AP do SENAR.

Ainda sobre capacitação no setor, o pesquisador e representante da Embrapa, Ricardo Inamasu, sugeriu a realização de um workshop nacional para debater o ensino voltado à agricultura de precisão no País, desde a assistência técnica à pós-graduação. A comissão pretende avaliar a questão e criar uma agenda para a realização do evento.

Durante a reunião, a CBAP debateu o levantamento de dados referente aos equipamentos que saem da indústria e os que são usados pelos produtores rurais para ter um raio-x da agricultura de precisão no País. A ideia é levantar esses números para que contribuam com a criação de políticas públicas para o setor, como linhas de financiamentos para a aquisição de equipamentos de AP. A comissão pretende aproveitar o estudo que a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) está fazendo por estado, sobre o uso da AP na produção de soja e milho, para ajudar na construção desse raio-x.

Os membros da comissão ainda trataram de uma agenda estratégica de ações, que vai englobar pesquisa, desenvolvimento e inovação, assistência técnica, criação de grupos de trabalho de AP por setor produtivo e de um fórum para tratar dos gargalos do setor, além de um plano de marketing e promoção para ressaltar os aspectos econômico, social, ambiental e de sustentabilidade da agricultura de precisão.

Assessoria de Comunicação do SENAR

Por Equipe de Comunicação Digital • Postado em Seminários de Agricultura de Precisão • Tagged
17 ABR
2013

SENAR no caminho da nacionalização do programa de AP

Após reunião técnica de três dias, o SENAR definiu os próximos passos para a nacionalização do programa de agricultura de precisão. A entidade vai sentar, ainda este mês, com as empresas de máquinas agrícolas para fechar parcerias e reunir os gestores das Administrações Regionais para apresentar o programa.

A ideia do SENAR é que o programa tenha três fases: capacitação continuada de instrutores, seminários regionais de sensibilização e capacitação de operadores de máquinas. As cartilhas para as capacitações estão sendo elaboradas em conjunto com o SENAR Rio Grande do Sul. São sete cartilhas, uma para cada módulo da capacitação dos operadores de máquinas.

“Vamos fazer um nivelamento técnico com os instrutores que já estão capacitados. Para os novos, a capacitação terá módulos onde o profissional deverá ter acesso às tecnologias de AP e o contato com especialistas da área para um melhor embasamento teórico”, afirma a coordenadora de Projetos e Programas Nacionais do SENAR Central, Patrícia Machado.

O chefe da Divisão Técnica do SENAR-RS, João Augusto Telles, explica que todo o programa servirá para o produtor conhecer o uso das tecnologias de AP, mas também para saber que a agricultura de precisão não é apenas máquinas. “O produtor estará aprendendo a fazer a gestão da propriedade via AP. Porque na realidade, ela é uma ferramenta gerencial.”

 Assessoria de Comunicação do SENAR

 

Por Equipe de Comunicação Digital • Postado em Seminários de Agricultura de Precisão • Tagged
16 ABR
2013

Programa de AP do SENAR em andamento

Em parceria com a Administração Regional do Rio Grande do Sul, o SENAR iniciou o processo de nacionalização do programa de agricultura de precisão da entidade, que vai ser criado com base no desenvolvido pela regional gaúcha.

Nesta segunda-feira (15), técnicos do Rio Grande do Sul apresentaram a estrutura do programa que é feito no estado. De acordo com coordenador de Projetos Especiais do SENAR-RS, Alexandre Prado, o primeiro passo é trabalhar os instrutores e capacitá-los para atender a demanda do programa. Essa capacitação deve englobar três fases principais: acesso ao conhecimento teórico da área por meio do contato com universidades e entidades especializadas; contato com as tecnologias embarcadas e com os equipamentos usados na agricultura de precisão por meio da parceira com empresas do setor.

“Notamos um avanço no conhecimento dos instrutores com esses treinamentos e por isso é importante destacar a necessidade de capacitações contínuas para que acompanhem a velocidade na atualização dos equipamentos de AP.”

Com os instrutores treinados, o SENAR inicia as capacitações para os produtores rurais e operadores de máquinas. “A capacitação do operador de máquinas é primordial nesse processo, porque o produtor investe em equipamentos de alto custo que precisam de mão de obra para manuseá-los”, ressalta Alexandre Prado.

A capacitação em âmbito nacional para produtores e operadores de máquinas deverá ter 120h de aulas teóricas e práticas, divididas em sete módulos, seis de 16h e um de 24h, com uma média de quatro a seis participantes por turma. “Um número menor de participantes possibilita ao instrutor dar mais atenção aos alunos, além de facilitar o aprendizado”, explica o coordenador do SENAR-RS. O material instrucional do curso está sendo elaborado pelo SENAR e vai estar disponível em cartilhas divididas por módulo.
“Nossa intenção é que o participante receba as informações necessárias para a utilização dos equipamentos de AP e tenha uma formação mais completa”, acrescenta Prado.

Para a coordenadora da Área de Projetos e Programas Nacionais da Administração Central do SENAR, Patrícia Machado, a colaboração da equipe do SENAR-RS é essencial porque o programa foi desenvolvido no estado. “Torna-se mais fácil nacionalizar um programa já testado e com resultados positivos como este. Nós, do SENAR Central, temos as mesmas preocupações que a administração regional ao desenvolver um programa, principalmente em termos de capacitação dos instrutores e da operacionalização. Por isso, iremos seguir exatamente o mesmo modelo, de forma a obter bons resultados nos demais estados que se interessarem em realizá-lo, como os alcançados no RS”.

Assessoria de Comunicação do SENAR